• Julian Berman

A ansiedade bateu. O que eu faço?

Falei nos stories no meu instagram outro dia sobre como sair da rotina me deixa ansiosa e algumas de vocês acabaram dividindo comigo situações que também as deixam ansiosas.


Aparentemente, a ansiedade é uma sensação que cada dia mais a gente tem vivenciado - especialmente em momentos como os que temos passado nos últimos tempos, né?


Por isso, hoje eu quis dividir por aqui o que faço para amenizar essa sensação ruim de situações que me deixam assim.


Repito que são coisas que funcionam para mim, cada um tem a sua lógica e a sua forma de lidar com as coisas.


Eu, por exemplo, gosto de organizar tudo e para algumas pessoas isso pode acabar deixando ainda mais ansioso.


Por isso, ao ler esse post, identifique o que pode ou não funcionar para você. Quem sabe não te ajuda?


Organização


Para algumas pessoas, fazer listas e criar uma agenda com tudo o que precisa ser feito pode gerar ansiedade.


Mas, pra mim, navegar sem rumo me tira do sério. Por isso, eu preciso que minha agenda esteja organizada, minha rotina estabelecida e, assim, eu tenha pelo menos a sensação de que tenho as coisas sob controle.


Respiro


Sei que é um privilégio meu poder escolher meus horários de trabalho e como preencher meus dias com os agendamento e atividades.


Mas para evitar que a ansiedade bata, eu procuro não marcar compromissos muito próximos uns dos outros. Assim, especialmente agora que sou mãe, consigo ter tempo para respirar e atender as demandas da minha filha entre um atendimento e outro.


Desligar


Já entendi que as redes sociais me causam ansiedade.


Então, não fico online o tempo todo, conferindo a todo instante as atualizações e as mensagens que chegam.


Ficar afastada do celular por alguns momentos faz com que eu consiga diminuir a frequência da ansiedade.


A gente não vai dar conta de tudo?

Não, a gente não vai dar conta de tudo.


E tudo bem.


Quando entendemos isso, tiramos um pouco do peso dos ombros e da ansiedade e abre o caminho para a gente dar conta de quase tudo!


E que caminho seria esse?


Aprender a dizer não


Às vezes a gente acha que precisa aceitar todas as demandas, todos os clientes, todos os pedidos, todos os convites para crescer e ser aceita.


Mas quanto mais a gente diz sim, mais difícil fica dar conta de tudo e mais aumenta nossa ansiedade e pressão.


Delegue


Você não precisa fazer tudo sozinha.


Forme uma equipe ou construa uma rede de apoio que te ajude a ter tranquilidade para cuidar do que você precisa cuidar.


E vocês, o que fazem para baixar a ansiedade?