• Julian Berman

A alta costura do crochê: Ateliê Mão de Mãe

É assim que eu definiria o Ateliê Mão de Mãe, que eu fui conhecer nessa semana aqui em Salvador.


A marca, criada há quase dois anos e que já ganhou o mundo, é formada por um trio muito especial e cheio de afeto: Vinicius Santanna, Patrik Fortuna e Luciene Santana.

Juliana Berman com Vinicius Santanna, Patrik Fortuna no ateliê mão de mãe

Uma tarde especial no Ateliê Mão de Mãe


Como o próprio nome já sugere, @ateliemaodemae é uma espécie de homenagem para Luciene, mãe de Vinícius. Dona Lu é artesã desde os 14 anos de idade, sempre fez brincos, colares, pulseiras e nesta época de pandemia ficou sem ter onde vender seus produtos.


Deixou sua casa em Camaçari e foi morar com seu filho em Salvador, porque não estava conseguindo pagar aluguel com a renda atual.


Uma história não tão difícil de encontrar nos dias de hoje, né?!


Com os dois morando juntos, as ideias para aumentar a renda em tempos de pandemia foram aparecendo.


A ideia do crochê surgiu quando eles viram Rafa Kaliman no BBB usando algumas peças com esse material e eles resolveram investir na produção de looks com essa técnica - antecipando a tendência que ia esta em todas as vitrines alguns muitos meses depois.

peças crochê no ateliê mão de mãe

Três meses depois, Vinicius conheceu Patrick, começaram a namorar, pediram demissão juntos e embarcaram na ideia do ateliê.


Os três desenvolvem juntos - e separados - as coleções para a marca, cada um desenha suas peças de acordo com sua identidade.





bolsa de crochê no ateliê mão de mãe

Mas Luciene é a matriarca, ela é a criadora, a principal designer e a inspiração.


Em um papo delicioso essa tarde na loja, os meninos me contaram que o processo de criação de Luciene é bem introspectivo e que ela se inspira em muitos seriados e novelas antigas.


Eles sugerem outras referências, ela se tranca uma semana em casa e só liga quando é para irem buscar as peças. Ah, e ela não gosta de reproduzir peças já existentes, ela prefere fazer do zero.


Além dessa mulher especial, o ateliê tem uma equipe de mais ou menos 25 mulheres poderosas que reproduzem as peças criadas por Lu, @patrickfortuna e @vinisantan_a.


O reconhecimento e o sucesso são tão grandes, que em menos de dois anos eles já desfilaram suas peças até um São Paulo Fashion Week.




É sucesso que fala, né?!